FAQ

Esclareça todas as suas dúvidas com o Grupo Souza Lima. Escolha uma das opções abaixo para informações jurídicas, questões sobre segurança e Terceirização de Serviços. Maiores informações entre em contato pelo nosso Canal de Atendimento no  0800 774 0042.

Dúvidas Jurídicas

Esclareça suas Dúvidas Jurídicas
1

O Grupo Souza Lima cumpre todas as exigências do Departamento de Polícia Federal (DPF) do Ministério da Justiça para atuar na área de segurança privada, exercendo as atividades de segurança patrimonial, segurança pessoal, segurança eletrônica, monitoramento, escolta e terceirização de serviços gerais.

De acordo com a Portaria DPF 387/2006 – que disciplina, em todo o território nacional, as atividades de segurança privada, armada ou desarmada – nossa empresa se encaixa na categoria de empresas especializadas – prestadoras de serviço de segurança privada, autorizadas a exercer as atividades de vigilância patrimonial, transporte de valores, escolta armada, segurança pessoal e cursos de formação.

Cuidados básicos antes de contratar serviços de segurança

2

Conheça a empresa que pretende contratar e os métodos de treinamento dos seus seguranças, visitando a empresa e a academia de formação de seus funcionários. Peça um plano de segurança à empresa que pretende contratar, onde deverá estar especificado o número adequado de vigilantes a ser utilizado; o sistema de alarme adequado e/ou outros dispositivos de segurança a serem utilizados, de forma que seja garantida a incolumidade física de pessoas ou do local onde serão prestados os serviços. [ LEIA MAIS ]

Segurança Orgânica

3A mesma legislação, determina que os Serviços Orgânicos de Segurança (ou Segurança Própria como é comumente chamada) – são autorizados, controlados e fiscalizados pelo Departamento de Polícia Federal. Assim, uma empresa que tenha objeto econômico diverso da vigilância ostensiva e do transporte de valores, e que utilize pessoal de quadro funcional próprio para a execução de sua segurança – armada ou desarmada – deverá, também, se adaptar à legislação, requerendo a Autorização de Funcionamento junto à Delegacia de Polícia Federal, para atuar como empresa Orgânica. [ LEIA MAIS ]

O que são Empresas Clandestinas?

4

São empresas que atuam no mercado, prestando serviços de vigilância e segurança sem estarem em condições legais e técnicas para fazê-lo, e provocam verdadeira desordem, prejudicando sobremaneira as empresas legalmente constituídas. Trabalham em total desobediência à Lei, provocando inúmeros problemas – onde, infelizmente, alguns muito trágicos – veiculados quase que diariamente na imprensa. [ LEIA MAIS ]

Contrate com Segurança

contratesegurancaAo contratar serviços de segurança patrimonial, pessoal, eletrônica, escolta, monitoramento ou terceirização de serviços gerais, muitas pessoas físicas ou jurídicas vêm se deparando com empresas de segurança privada sem qualquer habilitação técnica e legal. Por isso, é imprescindível que você esteja atento aos infratores da lei. Contrate segurança com segurança. Contrate a Souza Lima!  [ LEIA MAIS ]

Dúvidas de Segurança

Esclareça suas Dúvidas sobre Segurança

Escolta Armada

A atividade de escolta armada visa a garantir o transporte de qualquer tipo de carga ou de valores. O acompanhamento tático de veículos usados no transporte de cargas e valores é feito através de carros e motocicletas caracterizados e dotados de equipamentos de comunicação e segurança de alta tecnologia utilizando para tanto rastreadores e equipe operacional estruturada com atendimento 24 horas.  [ LEIA MAIS ]

Monitoramento

camera-seguranca

Os alarmes instalados em sua residência ou empresa são monitorados 24 horas por dia e acionados sempre que houver qualquer tentativa de violação ao imóvel. O monitoramento de alarme é realizado num Central de Monitoramento que funciona 24 horas por dia, onde os vigilantes do Grupo Souza Lima conseguem verificar a entrada e  saída do local monitorado.  [ LEIA MAIS ]
 .
 .
 .

Segurança Eletrônica

7

Entre os sistemas mais procurados estão os Circuitos Fechados de TV (composto por câmeras de filmagem e central de monitoramento), sensores de presença, alarmes, sistemas biométrico, controladores de acesso, cercas elétricas, botões de pânico, câmeras de segurança e porteiros eletrônicos. [ LEIA MAIS ]
.  
.  
.  
.  
.

Segurança Patrimonial

8

A segurança patrimonial é o conjunto de atividades do ramo da segurança que tem como objetivo prevenir e reduzir perdas patrimoniais em uma determinada organização. Controle de acessos (pedestres, mercadorias e veículos), controle de materiais e estoque, prevenção de furtos, vigilância ostensiva… [ LEIA MAIS ]

.  

.  
.  
.

Segurança Pessoal

9

A atividade de segurança pessoal é exercida com a finalidade de garantir a incolumidade física de pessoas. Cabe ao segurança pessoal o ato de proteger uma pessoa ou grupo de pessoas de forma individualizada. Dentre os principais usuários deste tipo de serviço estão chefes de estado, artistas, banqueiros e empresários de grandes organizações. [ LEIA MAIS ]

Dúvidas sobre Terceirização de Serviços

Esclareça sobre Terceirização de Serviços

A Terceirização de Serviços já é uma realidade nas grandes e pequenas empresas do Brasil. O sistema estabelece uma relação de parceria entre empresas ou entre uma empresa e profissionais, permitindo que cada um se concentre na sua atividade principal. O resultado é um produto ou serviço de qualidade, por isso, a terceirização de serviços é uma tendência que não tem retorno e começa a proliferar em empresas de vários segmentos.

O que é terceirização?

Terceirização é a transferência de atividades-meio (não essenciais) da empresa para os profissionais contratados para a execução das mesmas. É a garantia para que a empresa concentre suas energias nas atividades-fim. A atividade não essencial na empresa mãe passa a ser a atividade principal na terceirizada. Na terceirização os parceiros têm interdependência empresarial estabelecendo-se uma relação de confiança.

A legislação não permite a terceirização da atividade-fim. A sub-contratação desta, gera, necessariamente, vínculo empregatício. Exemplo: a atividade-fim de uma padaria é a de fazer pão, mas para funcionar, a padaria, precisa ter vários outros serviços, como o de limpeza, que assim como serviço de portaria é uma atividade-meio. Podendo, então ser terceirizada.

Porque terceirizar?

Terceirizar os serviços que não fazem parte de seu objetivo comercial, industrial, com empresa idônea e realmente especializada nos serviços que propõe a realizar.

Com isso o terá mais tempo para se dedicar à sua atividade fim, reduzindo o número de funcionários em folha de pagamento, e conseqüentemente os encargos e o risco da criação de passivo trabalhista.

O movimento sindical tem tornado onerosa a contraprestação dos serviços em vários ramos da atividade conquistando pisos salariais alto. Com a terceirização, os colaboradores alocados são regidos pôr suas respectivas categóricas (Zeladores, Porteiros, Recepcionistas, Telefonistas, Aux. de Limpeza, Vigilantes etc.) o que vai de regra, minimiza o custo de mão de obra em função da categoria predominante do cliente.

Obter reposição em caso de eventuais faltas do funcionário efetivo, bem como nos casos de férias e afastamentos por doença, acidente de trabalho, licença maternidade ou paternidade e outras eventualidades.

Desencargo do gerenciamento dos funcionários.

Terceirização não é

Mágica de fácil aplicação.
Remédio para todos os problemas.
Modismo passageiro.
Aventura de tentativas.
Simples contratação de serviços.
Competição entre as partes.
Política do perde-ganha.
Forma de cortar custos.
Por esse motivo devemos consultar empresas com qualidade e competência.

Terceirização Requer

Reformulação de conceitos empresariais desatualizados.
Visão de modernidade (qualidade, produtividade , competitividade).
Envolvimento e interação entre empresas, livre acesso entre parceiros, integração para todos ganharem juntos.
Confiança e convergência de interesses.
Planejamento estratégico do processo.
Unanimidade do corpo diretivo.